celsodyer
contando histórias
CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos

Viver e desviver
A vida é como um hino
Que todos os dias eu canto
porém, a viver não ensino
Sei que não consigo tanto

E o que é viver, afinal?
A pergunta nos assalta
Ter a vida é bom ou mau?
Tem razão quem a vida exalta?

Certamente tem razão
E eu o faço, tamém
É a minha opinião
Sem desfazer de ninguém

Viver é toda uma arte
Obtida do divino
No mundo do qual somos parte
Seguindo nosso destino

Viver: eterno mistério
Ainda não explicado
um assunto muito sério
Pelos sábios, pesquisado

Com início, meio e fim
A vida assim se desdobra
Dá-nos tudo e, em sendo assim
Também, um tanto nos cobra

Sendo algo perecível
E tão valioso, a vida
Para mim, parece incrível
Como age o suicida

Deixa, pois, coisa tão rica:
A vida em sua amplitude
Deixando triste, quem fica
Tomando tal atitude

Parte só deixando dor
De mil modos o consegue
Um fato de tal teor
Há muito que em persegue

Persegue-me desde menino
E, mesmo, me causa espanto
Porque, a viver não ensino
Sei que não consigo tanto


celso dyer
Enviado por celso dyer em 16/12/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários